sábado, 2 de março de 2013

... Não seriamos idiossincráticos!

 E aí pessoal? Tudo na paz? Espero que sim. Se, não, calma, só depois da tempestade que podem haver poças para pularmos em cima! \o/
(Se você é chato, problema seu, Pyong!)

 Hehe. Cada um tem seu modo de se enchergar o mundo, vocês não acham? Bom, nem é o caso de achar, é a realidade. E é sobre isto que eu quero falar. Nesta semana, em uma das minhas sessões de "Leitura de uma página do dicionário, por dia", me deparei com a seguinte palavra:

- Idiossincrasia (do grego ἰδιοσυγκρασία (idiosynkrasía), “temperamento peculiar”, composto de ἴδιος (idios)“peculiar” e σύγκρασις (synkrasis) “mistura”) é uma característica comportamental ou estrutural peculiar a um indivíduo ou grupo. O termo também pode ser aplicado para símbolos. Símbolos  idiossincrásicos são símbolos que podem significar alguma coisa para uma pessoa em particular, como uma lâmina pode significar guerra para alguém, mas para outro ela poderia simbolizar o sagramento de um cavaleiro. Pelo mesmo princípio, linguistas preconizam que palavras não são apenas arbitrárias, mas também importantes sinais idiossincrásicos. [Fonte:  Wikipédia]

 Esta palavra me chamou a atenção, porque na mesma semana, eu tinha conversado com minha mãe. Ela me pareceu indignada, pelo fato de não entender porque eu não "sigo" pelo mesmo caminho que ela percorreu. Por me ver trilhando um caminho novo, que pode vir a ser perigoso, e não querer isso (Coisa de quem ama.). Mas, o fato é que ela é muito "ativa" e não quer me soltar (e me ver saltar.), o que faz com que minhas tentativas de sair de seus braços, a machuquem.

 Ter lido o significado de "idiossincrasia", me lembrou que é sempre assim, não somos iguais. A minha idiossincrasia, é querer algo diferente da vida habitual. Eu quero as artes, eu quero ir morar no Rio, com meus amigos; Eu quero aprender kung fu, etc [Et cetera: é a expressão de origem latina que significa "e os restantes" ou "e outras coisas mais.]... E o mais importante, já que somos idiossincráticos, precisamos descobrir o que nos faz feliz e ir atrás disso, não estou certo?

 Viver algo novo, significa, para ela, que eu tenho mais chances de me machucar. Ela está certa, em parte, mas não posso ficar parado, "assistindo minha vida, pela janela"; "Nadando no raso"! Há quem não viva e acho isso, no mínimo, perigoso. Só existe uma vida, aqui, como falei no post passado. Precisamos viver! Quando menos esperamos, "ponto final"! Vivamos (Desespero)!

(Desculpas, pelo grito, Pyong!) 

 A vida pede mais! A falta de coragem, causa a perda de momentos incríveis! Temos que lutar pela nossa felicidade! E se der medo, vai com medo mesmo! Pense no resultado final, quando você estiver velhinho e sem forças, em uma cadeira de balanço, no terraço, olhando para o infinito e lembrando de tudo o que você fez e, também, o que não fez... Eu penso nisso, todos os dias e antes de cada decisão!

 Bom... Vou finalizar o post aqui. Desejo que no fim, todos nós, digamos: "Valeu a pena, ê, ê"!(♪) kkkkkk Até mais ver, gente! Até o próximo post!

sábado, 23 de fevereiro de 2013

... Viveriamos o que queremos viver!

Oi gente! Como têm passado? Espero que, bem. xD Aiai, tava aqui, pensando, será que devo criar um blog novo? kkkkk (Mau, tomo conta desse...) (Pior que meu quarto.) Preciso de um local para postar minha mais nova aventura: Ir morar no Rio de Janeiro!
 
(Calma, Pyong! Não vou te deixa aqui...)

 \o/ E desde janeiro, tenho dado alguns passos para esta direção. Comecei a trabalhar e quero juntar o dinheiro que necessitarei para minha mais nova, grande, investida de vida! \o/ Voltando ao assunto inicial, estava pensando em fazer um novo blog. Como vai ser uma grande mudança e vou deixar muitos amigos na minha antiga "vizinhança", decidi escrever todas as experiências e sensações. Para falar a verdade, gosto de guardar recordações (Gosto, mesmo!) e não conto com minha memória para isso. (Não lembro nem qual foi minha ultima refeição...)

 Enfim... Um blog, já que decidi que quero isso. Sei lá... É loucura, se parar pra pensar bem, não acham? Mas, eu deveria, mesmo, ficar aqui, fazer o que todos fazem e morrer em paz? E que paz eu teria vivendo normalmente? Nenhuma, eu sei. Preciso da loucura. Vocês não? Estariam bem, vivendo assim? Eu não! Mesmo se der errado, eu vou rir, e quando ouvir as pessoas me chamando de louco, vou rir. Eu vou ter feio o que eu quis! Por ter tentado ser feliz! E, isso sim, é vida!

 Outro fato interessante sobre este momento, o que toda a família vai pensar: "VOCÊ É LOUCO!", imaginem.  Na verdade, ninguêm teve essa reação, ainda, pois só contei à minha mãe. Conversei com ela, porque eu a considero racional. kkkkkkkk Mas, no fim, acho que ela entrou em pânico. kkkkkkkkkk A conversa foi mais ou menos assim:

- Mãe... Tô juntando dinheiro pra ir morar no Rio...
 Minha mãe não esboçou nenhuma reação e tomou mais um gole de café. E me pareceu serena.
- Não vai falar nada?
 Então ela olhou pra mim e demorou um pouco e disse:
- Você não quer ir? Então vá!

 kkkk Nós dois somos peças raras. Nunca demonstramos nossa dor (E isso é ruim, não tentem isto em casa!). Mas, sei que ela está em pânico. A família dela vive, toda, junta. Na mesma cidade, e a maioria no mesmo bairro. Creio que ela (Toda mãe.), queira o mesmo pra mim. xD Infelizmente, pra ela, não posso fazer isso. Preciso ir para o Rio e já iniciei o processo!

 Bom... Já decidi! Vou escrever neste meu blog, mesmo. Querendo ou não, já comecei aqui. Já fiz a introdução da minha nova saga e agora vou ter que terminar. Não acredito muito, mas me prometi escrever mais (Pelo menos uma vez por mês.), então vamos esperem os próximos posts. Aiai, gosto tanto deste meu blog, ele sempre teve o título perfeito! hihi Então é isso! Xau, pessoal! Nos vemos no próximo post! Cuidado com a vida e se cuidem!

terça-feira, 29 de março de 2011

... Eu não seria essa metamorfose ambulânte!

Oi, gente! Como têm passado? Espero que bem! Puff! Vim escrever aqui porque tô me sentindo em uma crise de identidade. hehe. Nem sei o que é, mas achei que o nome se encaixa no momento. Bom... Eu ando meio sem saber quem sou, sem saber o que quero, se ainda sou ou já deixei de ser quem era na infância. Acho que isso tudo me veio a cabeça nos por causa dos últimos acontecimentos, mas expecificamente por minha amiga ter me dito que não me reconhecia mais.
Não me reconhecer mais... Poxa! Isso mexeu comigo. E no fim, até eu mesmo me achei diferente. Na infãncia eu me importava muito com os outros e com o que saia da minha boca e, hoje, não me vejo assim. Não que eu fale coisas más, mas é que ando tendo opniões a respeito de tudo. Não falo o que não sei, mas comento do ocorrido e, as vezes, falo o que as pessoas não querem ouvir. E outro fato é que não faço fofoca, quando eu penso algo, eu falo, no momento que eu acho certo, claro.

Diferente, eu estou! Eu sei disso. O fato é que quero estar diferente "pra melhor". Não quero me tornar uma pessoa despresível, não quero. Na verdade, quando comento sobre algo, eu faço isso pra "ajudar" e, talvez, melhorar as coisas. Mas as vezes só piora a situação, ou por falar demais e cair em erro ou por ouvirem o que "querem ouvir", não entendendo nada. Comentários deveriam ser construtivos e reflexivos. As pessoas deveriam ouvir e tentar entender o lado de quem fala. "Será que ela tá certa? Hum..."

Nesse momento, minha vida me pede mudanças radicais: Mudanças de estilo de vida, de gostos e de pensamentos. Preciso ser melhor, preciso fazer o que é certo, mas me sinto um traidor de mim mesmo. Acabei ficando magoado comigo por não querer ser quem sou, por não ser fiel a minhas vontades. Mas, de certo modo, ser fiel a mim, só me tem deixado mal, sempre me deixa! Faço o que gosto e fico na pior. Preciso mudar meus hábitos e ter mais qualidade de vida.

Essas mudanças vão ser boas, como me organizar pra postar toda semana, mas têm seus contras. Mudando meus hábitos, deixarei de ser fiel aos meus desejos e é aí que a coisa se complica. Fazendo o que gosto, fico feliz, mas corro o risco de me dar mal no final e fazendo o que é "certo", garanto meu futuro, mas me arrisco a me sentir um robô. Aí... Se minha vida fosse fácil... Que Deus nos ajude a seguir o caminho certo, ou melhor, fique certo durante o caminho! Fiquem na paz!!!

sábado, 29 de janeiro de 2011

... Eu não escreveria esse post! Tá horrível!

Ufa!!! Pensei que nunca ia terminar. Quanta teia de aranha!(Que minha prima não saiba, pelo contrário, nunca mais vai vir aqui!) Nem parece que foi tanto tempo assim. Só deixei de escrever a alguns dias... (Puff)Me perdi no tempo? Só faltava essa!

Oi, gente! Como vão? (XD) Faz tempo, mesmo! Ah! Tava por aí, vivendo a vida, tentando ser feliz, mas, como todos já sabem... Minha vida (talvez as nossas) não é fácil, e é por isso que o nome do blog não é outro, já que só cabia esse!

Quem? Pyong? Tá deitado! Tá ali! (Puff) Não faz nada o dia todo! (¬¬’) A vida dele, sim, é fácil! Acorda, PYONG!!!

Ah, Sim! Pensei que tinha morrido. (¬¬’) O pessoal quer ver você... Mas, sim... Onde estávamos? Ah! Lembrei. A facilidade da minha vida! Oh! como é fácil! "Fácil extremamente fácil!"


Hum... Até agora só pensei em reescrever no blog pra passar o tempo. Tô sem assunto. Na verdade, sem assunto pra começar, porque na minha vida vida, não faltam problemas. Hum...

Hum... Bom... Não é um bom assunto, mas é um assunto! (=}) Eu tô querendo entrar num curso de desenho! Pra quê? Ora, pra quê? Pra... Pra, não, para. (Português bem escrito é tudo na vida de um escritor, mesmo que o Pyong diga que não escrevo nada.) Para desenhar quadrinhos com estórias legais envolvendo meus amigos que tanto amo! ( Brodis ) Querem ver? Nem adianta perguntar, vou mostrar de qualquer modo.


Ta-Ta-Rááá! Meu person! *.* Mai é bunitinhuuu! Coisinha fofa! E o melhor é que sou eu! HOHO Claro que não parece comigo! Eu não sei desenhar! (T.T) Mas, Deus, me deu o poder, no qual tenho uns acessos de criatividade aleatória e as vezes consigo fazer coisas que muita gente se espanta! HOHO Tá muito "preto"! Quer dizer, muito moreno! (Eu não sou preconceituoso, preconceito é crime e crime é coisa de nego!) Enfim... Acho que não vou fazer o curso tão cedo, já que o curso ficou pro mês 05. (T.T Queria fazer agora T.T) Tem outro curso, Pintor artístico, vou pensar no caso. Meu avô por parte de pai, pintava. Não cheguei a conhece-lo, mas soube pela minha família e ví um quadro por foto... Mas deixo pra explicar isso em um outro dia. (Puff) Acho que vou terminar por aqui. Nem cansei de escrever, mas não vou ficar enchendo vocês com "nada a veres". Inventei agora! Tá vendo? kkkkkkk Esse é meu poder! HOHO Os super-vilões que se cuidem. O super Akaú está a espreita para punir o mal!!! HOHOHO E é com esse ar de super-herói que eu me despeço. "Hasta la vista, Baby!"

[- Tá dormindo em pé? (¬¬') Vou dar um tapa!]

sábado, 1 de maio de 2010

... O amor tiraria férias!!!

Oi, pessoal! Vou iniciar o post com a fala de Iris Simpkins na abertura do filme, "o amor não tira férias":

"Comprovei que tudo que já foi escrito sobre o amor é verdade. Shakespeare disse: "as buscas terminam com o encontro dos apaixonados". Que idéia maravilhosa!! Pessoalmente, eu nunca passei por nada parecido com isso. Mas estou convencida de que Shekespeare já. Suponho que penso no amor mais do que deveria; me admira o grande poder do amor em alterar e definir as nossas vidas. Shekespeare também disse que o amor é cego. Isso sei que é verdade. Para alguns, sem explicação, o amor se apaga. Para outros o amor se vai.. ou brota quando menos se espera, mesmo que seja só por uma noite. No entanto, existe outro tipo de amor. O mais cruel... aquele que quase mata suas vitimas. Chama-se "amor não correspondido". E nesse tipo, sou experiente. A maioria das histórias de amor falam das pessoas que se amam mutuamente. Mas, o que acontece com os demais? E as nossas histórias? Aqueles que se apaixonam sozinhos? Somos vitimas de uma relação unilateral. Somos os amaldiçoados dos amantes, somos os não amados. Os mortos vivos, os deficientes sem estacionamento reservado..."

Pois, é! Existimos! T.T Será que ninguêm nota? Será que não somos compreendidos? Poxa! Nós é que merecemos atenção! Nós é quem... sofremos!

Ai, ai... Preciso dizer mais alguma coisa? Acho que não! Bom... não estou triste, se vocês assistiram esse filme, devem lembrar das partes finais onde ela finalmente se liberta dessa cruz! \o/ Se eu me libertei? kkkkkkkkk Foi uma piada? Claro que não! Sugiro que leia novamente o nome do blog. Não me libertei, mas cansei disso. Vou tentar me divertir um pouco, hoje! Vou sair a noite pra ver se esqueço as dores e talvez encontrar... a cura! Vocês não sabem, mas (L) tinha marcado de sair comigo e com o grupo, pra vocês não pensarem besteira. Mas... (L) disse que não iria mais, pois o "grupo" estava "morgado"... T.T Como assim? Eu estou aqui e estou morrendo de vontade de te ver...

Enquanto escrevo, espero a ligação de (L) para dizer se mudou de idéia ou não. Não tô deprê! Estou escutando músicas que digam "a noite vai ser boa e eu sou o maioral!", algo assim... O post tá pequeno e eu tô sem palavras então VAMOS LÁ!!! COMEÇA AGORA, TOP 5, CUJO TEMA SEJA: "a noite vai ser boa e eu sou o maioral!":

1º - Uma das minha cantôras favoritas, tem um estilo do caramba e uma cara de eu não preciso do seu conselho:

Música: Ke$ha e sua música, "a noite vai ser boa e eu sou o maioral!", Tik Tok!!!

Momento inspirador: A frase: "No, the party don't start until I walk in!!!" (Não a festa não começa antes que eu chegue! (Aplausos para sua humildade!)

2º - Ela não só canta músicas legais como dança pra caramba! E suas coreógrafias são contágiantes:

Música: Beyoncé!!! Com sua música Get Me Bodied que nos diz hoje vai ser a noite!

Momento inspirador: Não é a frase mas o modo que ela escreveu a música enumerando "missões", quem não pensa em tudo o que tem que fazer, momentos antes da grande noite?

3º e 4º - Eles são a banda mais legal dos últimos tempo, utilizando remixagens e ritmos hipnotizantes: Black Eyed Peas e sua, sua não, suas duas músicas que nos fazem tirar o pé do chão. As duas se completão no clipe, mas tem ideologias diferentes.

a) Música: Imma Be, fala sobre uma "transformação", "Eu serei o maioral e você perdeu isso, pois não me amou quando devia", algo assim!

Momento inspirador: Pô, gente, não preciso falar nada, só de ver Fergie na música "Imma Be'" com aquela roupa cibernética, andando com pose de modelo naquele asfalto no meio do nada...

b) Música: A que eu mais gosto, Rock That Body e o tema "Mexa seu corpo a noite é nossa!Eu só preciso disso!

Momento Inspirador: na música "Rock That Body", é muito massa, quando a voz da Fergie muda pra algo agudo e aquele robô aparece e fica dançando até o final do clipe, muito do caramba!

5º - Passei um tempo sem saber qual colocar, foi então que eu fui assitir um pouco de tv. Só precisei de um tempo na mtv e ví uma música legal. Ele é um dos melhores DJs da história (Por que o Dvaid tem esse geito de gringo dos gringos? Parece que não tá entendendo nada da música, só segue o ritmo e tal...):

Música: "Memories" de David Guetta e o Kid Kudi (Seja lá quem for...). Música com uma sonoridade legal, boa pra dançar um pouco.

Momento Inspirador: Todas as loucuras que eu fiz essa noite, Vão ser as melhores memórias, Eu apenas quero deixar acontecer por uma noite, Essa seria a melhor terapia para mim!!!

Ufa! Terminei! Gostei da idéia de fazer top 5. Quem iria sorrir era meu amigo Will. Tem um filme que ele gosta muito, onde o protagonista vive sua vida fazendo "top fives". Então é isso! Daqui a pouco vou me arrumar, já preparei a roupa. A melhor do guarda-roupa! Me desejem sorte no amor, pois eu desejo "muita sorte no amor" para vocês, leitores. Bom... É com esse desejo e essa vontade de ser feliz que eu declaro terminado o... 7º? 10º? puff. Eu declaro terminado meu... mais novo post!!!

Vai, Pyong! Faz o ritmo que eu canto!

Mission one...

segunda-feira, 29 de março de 2010

... Tudo daria certo!!!

ARGH!!! (RAIVA ETERNA). Desculpa, pessoal! É que eu não gosto nem um pouco da ideia de meus planos darem errado. Eu tenho ideias, coloco em um papel, penso em todas as possibilidades, em todos os erros, tomo cuidado nos detalhes e quando vou realizar... Vai tudo por água abaixo. (Preciso bater em alguém... Pyong!!!).

(T.T). É tão ruim! E o pior é o sentimento de algo fracassado, de não ter feito o que se queria. Eu quero fazer!!! Eu quero ter vídeos e ter estórias, escrever minha vida e minha outra vida... Eu quero que vocês vejam quem sou por completo!

Mas eu acho que o pior de tudo é pensar em um futuro aparentemente difícil. Nessa linha de pensamento, podemos falar sobre duas coisas: Uma que eu sou expert, amores platônicos e outro, Um futuro exatamente como você sonha!

Falo isso pois na madrugada de sábado, 27/03/10, esse tema foi muito falado, pensado e discutido. Notei que (L) não tem muita esperança de um futuro promissor, como se não se visse como alguém que pode alcançar "os céus". E algo ficou em minha cabeça, será que eu me vejo como alguém que tem o céu como limite? Ou será que eu me vejo como alguém que no máximo vai conseguir pagar as contas de luz e água?

Ao se dar conta de que estávamos perto de um grupo de pessoas "ricas", que nasceram "ricas", (L) desejou ter a mesma vida. Olhou para o céu, para os prédios ao redor e imaginou como seria, como estaria naquele momento. Morando em um bairro rico, Dirigindo um carro caro e do ano, sem se preocupar no quanto tinha no bolso.

Eu argumentei dizendo que aquelas pessoas já nasceram com aquele dinheiro, tiveram tal sorte. E deixei uma questão no ar, o que faríamos se tivéssemos tal quantia em nossas contas? O que você, leitor, faria? E se sua vida fosse fácil a esse ponto? E se você tivesse um cartão mágico, falado no blog "Nada na cabeça"?

Pois é... Nascer "rico"... Não tive essa oportunidade. Falei tudo isso para chegar a o próximo ponto, será que eu, um ser normal, irei alcançar tal sorte? Será que eu, um cidadão de classe média, com meus méritos, com meu trabalho, irei ser "RICO"?

(Risos). O que é que eu estou falando? Eu não quero ser rico!!! Mas o problema é que não gosto dos problemas de... vamos dizer "não ser". Vocês querem que eu liste alguns? Hum... Me deixe pensar... Puff, nem precisa, já vem logo a cabeça. Passar uma hora e meia em um ônibus lotado no trânsito infernal depois de ter passado o dia na faculdade e a tarde no curso de inglês, ter que escolher apenas um dos cursos que quero fazer e o mais barato pois tenho que guardar dinheiro para pagar o conserto do meu chuveiro elétrico que não funciona mais, mas que quando deixo a luz acesa, uma corrente elétrica começa a passar pela maçaneta e eu posso morrer eletrocutado... Nem vou falar mais que já tá me dando raiva novamente. ARGH!

Pessoal! Eu só queria minha fazendinha, minha plantação e minhas plantas carnívoras modificadas geneticamente, mas (L) tinha que mudar tudo, tinha que dizer que queria trabalhar comigo, em qualquer lugar do meus negócios... (Buaa). Como? Como eu posso estudar sossegado, como posso dormir sossegado?? Como posso voltar a não querer nada, a querer o pouco que viesse, se, agora, (L) vai estar lá??? Eu preciso do melhor! Preciso dar meu melhor!! Preciso que (L) tenha o melhor!!!

Se eu der o meu melhor e se (L) usufruir dele, então, eu poderia ser um agente promotor da realização de um de seus desejos. Eu poderia dar uma felicidade, poderia ajudar e ser útil em alguma coisa na vida de (L). E quem sabe um dia... Nós dois sejamos...

... "RICOS"...

... Em dinheiro e em Amor!!!

Fiquem na paz e orem por mim!!!

sábado, 27 de março de 2010

... Renato Russo estaria aqui!!!

RENATO RUSSO!!! Tantas músicas, tantos temas, parece até que existe uma música dela pra cada momento da minha vida. Não sei se sabem, mas sou fã do Renato! Gosto de quase todas as músicas e as que não gosto eu ouço sem problemas. Discordo de algumas teorias dele, mas tem música que se encaixa direitinho nos meus momentos, na minha vida. Como se ele tivesse vivido tudo o que eu vivo, como se ele soubesse tudo o que vai acontecer.

RENATO RUSSO!!! Hoje, 27/03/10, ele faria 50 anos! Poxa! Porque os bons morrem jovens? E porque não me deu a oportunidade de ir a um show dele? Tenho uma pasta de músicas só pra ele, porque tenho quase todas. As vezes esqueço um pouco, mas sempre me lembro de uma música que se encaixe com o momento que estou vivendo. Posso até dizer que se fizesse um filme, quase todas as músicas temas seriam do Renato!

RENATO RUSSO!!! Pois é... Foi em 96, pra ser mais exato, 11 de Outubro de 1996 que o Renato partiu. Eu ainda era criança, acho que tinha 5 anos. Puff. Parei de brincar de bonequinhos um dia desses! (Risos). Nem tinha me tocado que estava nesse mundo, ainda estava aprendendo sobre esse lugar. Mas, sim! Renato se foi e só fui me dar conta de tudo o que ele fez a pouco tempo e tudo foi se tornando mais forte quando passei a viver ao lado do meu AMIGO Will. Will... Voltá!!!

RENATO RUSSO!!! Eu tinha que fazer esse post. Gosto muito das músicas do Renato e entendo que ele fez muitas coisas boas, também. Acho que é todo desejo de um fã, conversar com seu ídolo, mas eu queria dizer que eu queria ter tido a chance de poder conversar com ele, falar sobre suas ideologias e pedi pra que ele decifrasse algumas músicas. (Risos). São tantas coisas...

RENATO RUSSO!!! Esse post é pra você!!!

Os Bons Morrem Jovens
Composição: Renato Russo

É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser
Quando me lembro de você
Que acabou indo embora
Cedo demais

Quando eu lhe dizia
Me apaixono todo dia
É sempre a pessoa errada
Você sorriu e disse
Eu gosto de você também
Só que você foi embora...
Cedo demais!

Eu continuo aqui
Meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você
Em dias assim
Dia de chuva
Dia de sol
E o que sinto não sei dizer...

Vai com os anjos
Vai em paz
Era assim todo dia de tarde
A descoberta da amizade
Até a próxima vez...

É tão estranho
Os bons morrem antes
Me lembro de você
E de tanta gente que se foi
Cedo demais!
E cedo demais...

Eu aprendi a ter
Tudo o que sempre quis
Só não aprendi a perder
E eu que tive um começo feliz...
Do resto não sei dizer

Lembro das tardes que passamos juntos
Não é sempre mais eu sei
Que você está bem agora
Só que neste mundo
O verão acabou.

Cedo demais!


(Calma gente! O Pyong só tá fantasiado! Sem desespero!)